O que faz um bom professor?

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

            E, de repente, um título assim me veio à cabeça. Parece meio (muito) ambíguo. Acho que duas ideias podem ser pensadas a partir dele: quais as coisas que fazem um professor tornar-se bom ou o que um bom professor faz. Talvez essas ideias estejam interligadas, como causa-e-consequência. Um pouco de filosofia: é o homem que faz o meio ou o meio que faz o homem? Minha cabeça é muito frutífera mesmo. Mas isso me gera muitas dúvidas, pois infelizmente não sei dizer se um bom (ou mau) professor consegue transformar o meio em que dá suas aulas ou se um bom (ou mau) ambiente é que consegue transformar um professor (pro lado bom ou ruim). Mas isso também é muito complexo pra eu pensar sozinha, pois acho que acontece de tudo um pouco. Quem sabe você, que está lendo esse texto agora (e saiba que fico muito feliz com isso),  possa me ajudar dando sua opinião também?

             Ultimamente tem-se falado muito na (des)valorização do professor e da atual situação do ensino público no país. Tive uma pequena experiência (durante um ano, aproximadamente) numa instituição de caridade religiosa dando aulas para crianças e adolescentes vindos de diversas escolas públicas da cidade. As aulas eram sobre ciências e matemática e eram realizadas de uma maneira criativa, de modo a despertar o interesse dos alunos para as ciências exatas (que também não são muito valorizadas no país, mas já é assunto pra outro texto). E, então, a teoria foi mais uma vez comprovada na prática: precisa-se investir urgentemente no setor de educação no país! E já que estamos em período de campanhas eleitorais, nada mais justo e necessário do que darmos a devida importância a esse tema para que isso seja realmente cobrado dos nossos futuros "representantes".
               
                Um dos meus maiores objetivos profissionais é tornar-me uma excelente professora. Não sei se todas as pessoas têm essa vocação, mas eu sinto uma alegria enorme em compartilhar tudo aquilo que venho aprendendo durante essa minha vida, de tal forma que eu possa ensinar algo a outras pessoas ou simplesmente mostrar outro ponto de vista ou citar alguns fatos científicos que transformam e explicam as coisas pequenas que acontecem no nosso cotidiano. E, como parte do meu objetivo, quero ser cada vez melhor naquilo que faço, assim tenho observado bastante os professores que estão ao meu redor...

                 Acredito que uma boa formação, bons salários, boas condições de trabalho, material didático adequado, reciclagem contínua, reconhecimento e valorização fazem um professor tornar-se bom independente do meio, pois o professor também tem a capacidade de transformar o meio em que dá suas aulas e o seus alunos, através do ensino de qualidade a quem está ali para aprender e que quer aprender! (eis a diferença). Em consequencia disso, um bom professor dará o devido suporte aos alunos para que criem gosto pelo aprendizado e para que se sintam motivados a buscar sempre o melhor de si, visando o bem de todos em geral. Um bom professor deve transmitir todo seu conhecimento sem restrição, sem preconceito e com alegria! Isso mesmo: alegria! Pois um bom professor sempre gosta daquilo que faz.

                 O fato é que durante toda a nossa vida sempre existirá um professor, ensinando coisas sobre todas as áreas da nossa vida. Às vezes eles serão bons ou ruins, mas nunca deixaremos de aprender algo. Até o momento em que nos tornaremos professores e teremos esse mesmo poder em nossas mãos.

Um comentário