Homens, dinheiro e chocolate

12:10 AM

    "Homens, dinheiro e chocolate", de Menna Van Praag e editora Fontanar, é um romance feminino e também um livro de autoajuda (mais um pra lista! rsrs). Maya é a protagonista que se autocritica demais, está acima do peso, que não consegue um namorado e que está infeliz por não ter seguido o seu sonho de ser escritora, mas que também nada faz para a reverter a situação.
     Tudo isso muda quando ela conhece Rose, uma senhora que um dia apareceu em sua confeitaria, que faz com que ela abra seu coração, reconheça seus medos e crie coragem para mudar seu destino. A partir disso toma a atitude de fechar sua confeitaria por um mês para escrever seu livro, porém depois de terminá-lo nenhuma editora o aceita. Retorna então ao ponto em que vivia comendo doces e se autocriticando. Nesse meio tempo ela conhece Jake, um homem que sempre desejou, cujo relacionamento não vai pra frente porque ela não seguiu a instrução de amar primeiro a si mesma para depois amar os outros. Depois de muito relutar, Maya se permite conhecer novas pessoas, que também acabarão ajudando-a na sua jornada. Vende a confeitaria e decide por si própria publicar seu livro. Ainda tem um bônus de um final feliz que eu não vou contar aqui pra não estragar a surpresa! 
     Eu mesma considero o livro meio bobo, quem não gosta do gênero talvez não se interesse mesmo, mas ele é bom para os momentos em que você não quer ler nada pesado e deseja apenas relaxar com uma leitura fácil, rápida e prazerosa. Li esse livro em praticamente 2 dias e estava sempre querendo ler mais para ver como seria o final. É isso que eu mais gosto nos livros. Em algum momento não muito distante da minha vida também tive algumas características da Maya e contei com a ajuda de pessoas queridas para me tornar o que sou hoje: mais segura e feliz comigo mesma. Identifiquei-me com o livro e realmente gostei dele. 
     Para finalizar deixo pra vocês dois trechos do livro que considero muito importantes e que vou levar pra minha vida inteira:
"O amor falso é quando simplesmente queremos outra pessoa, enquanto o amor verdadeiro é querer que a pessoa seja feliz." (pag. 90)
"Você vai encontrar a felicidade quando tiver coragem de parar de viver uma vida segura e começar a viver uma vida verdadeira...Uma pessoa que vive verdadeiramente consigo mesma  não pensa em sucesso ou fracasso. Apenas faz porque acha certo. Faz porque sente que precisa fazer." (pags. 50 e 51)
     Essa última frase é o que me motiva a continuar escrevendo nesse blog. Gosto de ler e de escrever sobre as coisas porque acho que assim ajudarei e motivarei outras pessoas também. Não importa se somente uma  pessoa irá ler isso ou um milhão, o que me interessa é que eu me sinto bem fazendo isso.

Uma boa leitura! 

You Might Also Like

0 Comentários

CURTA NO FACEBOOK

Flickr Images