O caçador de pipas (resenha)

4:07 PM


 

"Esta é uma daquelas histórias inesquecíveis, que permanecem na nossa memória por anos a fio. Todos os grandes temas da literatura e da vida são o material com que é tecido este romance extraordinário: amor, honra, culpa, medo, redenção." (Isabel Allende)
Esse é um dos comentários que estão na contracapa do livro e que se enquadra perfeitamente como descrição do mesmo. 
O caçador de pipas, de Khaled Hosseini, conta a história Amir e Hassam, crianças afegãs de etnias e condições sociais diferentes, que cresceram juntos e possuem uma ligação muito forte, pois mamaram o mesmo leite. Possuem um fato comum de terem perdido as mães quando nasceram. Hassam é corajoso e leal, ao contrário de Amir e, mesmo não sabendo ler nem escrever, era muitas vezes o mais sábio.
A trajetória deles muda quando, no inverno de 1975, ocorre uma disputa por uma pipa azul, em que Amir perde a chance de salvar o seu amigo, ser corajoso e finalmente conquistar o carinho do pai. Ele pagou um preço muito alto por isso, mas depois, felizmente, terá a oportunidade de "ser bom novamente".
O livro é excelente e posso considerá-lo como uma das melhores leituras desse ano. É uma história triste, porém, mas possui uma riqueza de detalhes na medida certa e uma leitura bem fácil e prazerosa. A tradução ainda mantém algumas palavras na língua afegã que só enriquecem a leitura; e o autor conseguiu retratar muito bem a realidade do Afeganistão oprimido e destruído pelo regime Talibã.
Super recomendo!

Uma boa leitura!

You Might Also Like

0 Comentários

CURTA NO FACEBOOK

Flickr Images